Ilhabela & Ubatuba - 4 dias

A fim de aproveitar meus soados 15 dias de férias, fiz minha trouxinha e segui em direção à Ilhabela. Saindo da rodoviária de São José dos Campos tem um ônibus que para na rodoviária de São Sebastião, caminhando da rodoviária até a entrada da balsa gasta-se cerca de 15 minutos e a entrada de pedestres e ciclistas (não motociclistas) é livre de taxas, isto é, não paga nada.

Custo passagem de ida, da Passaro Marron (São J Campos x São Sebastião): R$ 32,45

Desembarcando da balsa se você caminhar 5 minutos verá um terminal de ônibus, é só pegar um ônibus que passe pelo Perequê e de lá você pode ficar em hostel. No Perequê gosto de me hospedar no Ihabela Hostel, no qual há piscina e os quartos são grandes e confortáveis; há também o Ilhabela Hostel Central, nunca me hospedei nele mas ouvi bons comentários sobre ele.
Particularmente gosto de me hospedar em hostel pela praticidade e boa localização e além disso em frente ao Ilhabela Hostel há uma praia que possui rede de vôlei, local para alugar bicicletas e quiosques onde há possibilidade de contratar serviços de passeios para as praias mais distantes, como Castelhanos, há também a possibilidade de alugar buggies, contratar serviço de mergulho e entre outros.
Aos que preferem se hospedar em pousadas no Perequê também há essa possibilidade, basta caminhar pela orla que verá várias pousadas.

Até onde sei não existem hostels no centro histórico de Ilhabela e desconheço a existência de pousadas na região.

Custo diária Ilhabela hostel (em alta temporada): R$60,00 quarto individual.

Anteriormente já havia dedicado uma postagem a Ilhabela, no qual fui acompanhada do meu namorado e nos aventuramos sem carro. Desta vez alugamos um carro antes de chegar a Ilhabela mas eu fui mais tarde por conta do período letivo da minha faculdade. 
Conhecemos a praia Ponta das Canas, Pedra do Sino e curtimos um dia de vôlei no Perequê. Na semana de 17 de Julho estava ocorrendo o Festival do Vento, com muita música eletrônica, Rock e Jazz, feira literária e outros, com entrada franca.

Ilhabela - Praia do Julião

Minha próxima parada foi em Ubatuba, uma cidade tranquila, maravilhosa e com uma vida noturna muito agitada. Contudo desta vez fui sozinha, passei 1 dia e meio em Ubatuba e me hospedei no Hostel Dona Benedita, o qual sempre vou por conta do atendimento, preço e simpatia dos donos.

A noite, estava sozinha e resolvi comer comida japonesa...Me informei e me indicaram o Anchieta Café, um restaurante que possui 3 ambientes. Simplesmente fantástico, com pessoas atenciosas e uma comida muito gostosa. Neste restaurante fiquei no bar e foi onde conheci o Arthur, um dos sushi men do Anchieta, um cara super simpático e que foi super sincero comigo em relação ao cardápio da casa. Digo isto pois eu ia pedir um combinado individual e ele viu que estava sozinha, logo me avisou que seria muito pra mim e seria como jogar dinheiro fora, desta forma sugeriu que eu o dissesse o que queria comer, aos poucos, que ele ia fazendo. Amei o serviço do Anchieta Café e a sinceridade dos funcionários, desta forma indico o restaurante para todos!!! Vale muito a pena, pois tem comida japonesa, pizza e comida normal (carne, bife a parmigiana, massas) e possui uma banda com um som muito agradável.

Restaurante Anchieta CaféAv. Tamoios, 64, Centro - Ubatuba (SP)

*Comida japonesa no Anchienta R$55,00 (foi o preço que paguei, sozinha).
*Diária hostel (Dona Benedita): R$35,00 (baixa temporada).
*Passagem Ubatuba x São J Campos: R$ 43,00 (horários limitados).

No hostel conheci três pessoas maravilhosas, sendo dois paulistas e um mineiro e de cara nos demos super bem. Como nos conhecemos durante a noite, na manhã do dia seguinte combinamos de ir à praia do Cedro, particularmente uma das praias mais lindas de Ubatuba. Não é possível ter acesso a esta praia sem o auxílio de um veículo, por sorte a Fernanda (paulista) estava com o carro; durante o percurso ocorreu tudo bem, lindo e maravilhoso, há uma parte da estrada que é mão dupla mas a pista é muito estreita e tem uma vala, então só passa um carro por vez, então fiquem atentos, liguem o farol e buzinem para não causar acidentes.
Chegando ao local, estacionamos o carro em uma subida, como o carro estava com pouco peso, ele quase capotou e então entrei no carro e a Fernando o ligou rapidamente e fomos estacionar no acostamento da estrada, nesse meio tempo o pneu traseiro furou. Os quatro pensaram a mesma coisa: Vamos primeiro aproveitar a praia e então trocamos o pneu. Descemos por uma trilha por uns 5 minutos e logo nos maravilhamos com a praia.
Cada minuto na praia do Cedro valeu muito a pena, além da visão, existe a possibilidade de fazer Stand Up Paddle lá, contudo é melhor levar a sua prancha ou saber negociar pois os locais colocam o preço lá em cima, quando fui 30min estava R$100,00 (fora de temporada). Na praia do cedro tem apenas uma lanchonete que vende bebidas e petiscos.

Saindo do paraíso, os meninos trocaram o pneu do carro e seguimos em direção a rodoviária pois eu estava com passagem comprada para São José dos Campos às 14:50, saímos de lá perto de 13:30. No caminho paramos em outra praia linda, só que esta é mais voltada para os surfistas por conta da maré forte e tem muita onda, esta praia se chama Praia Vermelha e fica à 15 min da praia do Cedro, no máximo.

Ubatuba - Praia do Cedro

Ubatuba - Praia do Cedro
Ubatuba - Praia Vermelha


Ubatuba - Praia Vermelha

Fernanda (paulista), Jone (mineiro), Eu (Sao J Campos) e José (paulista).


Nesta viagem conheci pessoas maravilhas, com as quais pretendo me reencontrar novamente em uma próxima aventura, e tive a oportunidade de presenciar paisagens inesquecíveis. Vale sim muito a pena pegar um dia, uma semana, um mês ou até um ano para viajar sozinha, explorar o mundo, conhecer novas pessoas e cultura. Planejando a viagem com antecedência e levando em consideração todos os perigos que uma mulher pode vir a enfrentar, não há por quê ter medo, encorajo todas as mulheres a viajar sozinha, pelo menos uma vez!!! Vocês vão gostar...!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Acampar em Ilhabela

Bem-vindo 2019